Sociedade Bíblica de Portugal

Estudos Bíblicos Indutivos – “Encontros com Jesus”

Série de Estudos Bíblicos que exploram questões relativas à identidade de Jesus e à nossa identidade a partir de “encontros” registados no evangelho de Marcos.

Apresentação

Nos baús do GBU estava guardada uma série de estudos bíblicos elaborados por estudantes e assessores do grupo local de Lisboa no ano letivo de 2008-2009 que resolvemos agora reeditar e voltar a disponibilizar, complementando com novos estudos (nº 3 e nº4). Estes são estudos bíblicos feitos a partir de textos que relatam Encontros com Jesus.

Sugerimos que abordes estes textos como se pudesses viajar no tempo e no espaço e participar também nestes encontros. Como se pudesses assistir, em pessoa, com o teu intelecto e os teus cinco sentidos apurados, à interação entre Jesus e um cego ou um paralítico que precisa desesperadamente de cura física. E à interação entre Jesus e uma mulher estrangeira, desprezada pelos judeus, mas crente e corajosa. E à interação entre Jesus e alguém que se aproxima dele (um homem multimilionário, por exemplo) para lhe lançar uma pergunta direta mas sem revelar a ansiedade que realmente o incomoda no seu íntimo. De que modo é que tu te vês a participar nestas cenas tão dramáticas? És parte da assistência? Parte daqueles que se opõem a Jesus? Parte daqueles que ficam estupefactos pela forma como ele age e fala? Serás tu como uma destas personagens cuja vida vira de pernas para o ar a partir de um encontro com ele?

Ao participares indutivamente nestas cenas de Encontros com Jesus, vais descobrir mais acerca desta figura ímpar. O que é que cada encontro te diz sobre a identidade deste homem? O que é que este homem diz de si mesmo? O que é que tu dizes dele? Ao mesmo tempo, a nossa expectativa é que nestas cenas também possas descobrir mais acerca de ti mesmo.

Nos textos dos evangelhos, o próprio Jesus instiga a pergunta acerca da sua identidade: “Quem dizem os homens que eu sou?” (Marcos 8:27). E os textos ajudam-nos, de facto, a obter pistas indutivas para respondermos a esta questão central. Ao mesmo tempo, no GBU acreditamos (e experimentamos isto!) que se mergulharmos nos textos, se nos imaginarmos dentro deste desenrolar de Encontros com Jesus, nós somos também convidados a formular a questão no sentido inverso: “quem diz Jesus que eu sou?”

Qualquer que seja o grau de conhecimento que tens hoje acerca de Jesus, o nosso desejo é que estes Encontros com Jesus te ajudem a entender quem ele é e quem tu és. Que, no encontro com ele, tu possas descobrir a tua verdadeira identidade. 

Esta série de estudos bíblicos é disponibilizada no 2º semestre do ano letivo 2023-2024 em que, no âmbito do Plano de Formação do GBU, abordamos o tema da Identidade.

Dicas Práticas

Os estudos bíblicos aqui coligidos não têm um caráter estritamente indutivo, mas optamos por seguir o procedimento EPA - Espreita, Percebe e Aplica - habitualmente usado para os estudos bíblicos indutivos (EBIs) de modo a facilitar o uso deste recurso por parte dos núcleos e dos grupos do GBU habituados aos EBIs. 

O método EPA em três passos, com dicas para uma boa gestão do estudo pensando numa duração efetiva de 50 minutos:

Espreita (10 minutos): perguntas sobre aquilo que o texto diz; não o que eu penso que diz, não o que tu pensas que diz, não o que ouvimos dizer que diz, mas aquilo que realmente diz! (as respostas às perguntas podem ser um pouco óbvias , mas ficarás surpreendido com a facilidade com que nos afastamos subtilmente das palavras que estão escritas); podes fazer esta parte pedindo a participação de todos os presentes no núcleo, cada um respondendo à vez a uma questão. São respostas diretas e que não devem dar origem a debate, uma vez que a próxima etapa é especificamente destinada a isso.

Percebe (20 minutos): perguntas sobre o significado ou a interpretação daquilo que já percebemos que o texto diz. É uma parte que normalmente suscita bastante o debate, por isso, se estiveres a dirigir o estudo, tenta manter o grupo focado no que se está a discutir e a não dispersar muito (nem a ficar eternamente na mesma questão).

Aplica (20 minutos): perguntas sobre a forma de viver hoje aquilo que entendemos do texto. É um momento mais de partilha pessoal, em que cada pessoa apresenta a sua perspetiva, tendo em conta a sua experiência e visão das coisas.

Nota Editorial

Estes estudos bíblicos são resultado do trabalho dos seguintes assessores e estudantes nos anos 2008-2009:

Connie Duarte - a Connie é oriunda do Canadá e serve em Portugal desde 1998, tendo sido assessora do GBU entre 1998 e 2008. Atualmente serve como pastora na igreja Meeting Point, no Estoril, e como co-Secretária Geral da Aliança Evangélica Europeia.


Edith Vilamajó Sanchis - a Edith teve uma extensa experiência no movimento estudantil, servindo como assessora no GBU de Espanha durante 7 anos e depois na equipa regional da IFES Europa durante 10 anos. Atualmente trabalha para uma escola evangélica de teologia em Espanha a partir de Oxford, no Reino Unido.

Bianca Branco Ascenção - a Bianca foi presidente do GBU Lisboa no ano letivo 2009-2010, tendo cooperado com o GBU de múltiplas formas enquanto estudante. É médica, especialista em doenças infecciosas, e serviu em contextos como a Índia e o Reino de Essuatíni (anteriormente conhecido como Suazilândia). Atualmente exerce medicina em Ponta Delgada, nos Açores. 

Cátia Santos Silva - a Cátia participou no GBU de múltiplas formas, enquanto estudante, no grupo local e presidindo à DNE em 2008-2009, enquanto graduada servindo em comissões de trabalho, e enquanto assessora, sendo a responsável pela administração do GBU, durante cerca de 9 anos, entre 2014 e 2022.

Filipa Candeias Rees Jones - a Filipa participou no GBU enquanto estudante de Ciências Farmacêuticas e voluntariou-se também no trabalho com estudantes internacionais da UCCF, o movimento estudantil do Reino Unido. Em 2010, a Filipa trouxe essa iniciativa para o grupo local de Lisboa, dinamizando o serviço aos estudantes internacionais nesse ano e nos seguintes como cooperadora. Atualmente a Filipa vive no Reino Unido.

David Raimundo - o David participou intensamente no GBU na fase final dos seus estudos universitários, tendo feito parte da Direção do GBU Lisboa e do Conselho Geral do GBU (atualmente designado simplesmente por Direção). Depois de graduar, serviu no setor educativo em Timor-Leste e estudou teologia no Canadá. Em 2022 regressou a Portugal e ao GBU como Secretário-Executivo.

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.21.8
Siga-nos em: