Sociedade Bíblica de Portugal

44 – Salmos e Provérbios – TAL PAI, TAL FILHO

ORAÇÃOSenhor, venho a ti como uma criança: sou fraco e não tenho to-das as respostas. Mas confio que tomarás conta de mim e dar-me-ás o que necessito para este dia.

Texto(s) bíblico

O caminho da felicidade

1Feliz o homem

que não segue o conselho dos maus,

não se detém no caminho dos pecadores,

nem toma parte na reunião dos provocadores!

2Antes põe toda a sua alegria na lei do Senhor

e nela medita de dia e de noite.

3Ele é como uma árvore plantada à beira da água corrente,

que dá o seu fruto na estação própria e cujas folhas não murcham.

Em tudo o que faz é bem sucedido.

4Mas os maus não são assim;

são como a palha que o vento leva.

5Pois os maus não resistirão no julgamento,

nem os pecadores na assembleia dos justos.

6O Senhor protege o caminho dos justos,

mas o caminho dos maus conduz à perdição.

Tu és meu filho

1Por que se amotinam os povos

e as nações fazem planos insensatos?

2Os reis da Terra revoltam-se

e os governantes fazem alianças

contra o Senhor e contra o seu ungido.

3E dizem: «Vamos libertar-nos do seu jugo

e afastar de nós o seu domínio!»

4Aquele que habita nos céus ri-se deles,

o Senhor troça dos seus planos.

5Depois atemoriza-os com o seu furor

e, cheio de ira, diz-lhes:

6«Eu próprio consagrei o meu rei,

no meu santo monte de Sião

7Anunciarei a decisão do Senhor.

Ele disse-me: «Tu és meu filho;

desde hoje sou teu pai.

8Pede-me, que eu te darei a posse de todas as nações

e a terra inteira em propriedade.

9Destruirás os reis com vara de ferro

e os farás em pedaços como a um vaso de barro

10E agora, prestem atenção, ó reis;

aprendam a lição, governantes do mundo!

11Sirvam o Senhor com reverência

e regozijem-se com grande tremor.

12Honrem o filho para que ele não se irrite

e acabem por se perder pelo caminho,

pois com pouco se pode provocar a sua ira.

Felizes aqueles que nele confiam!

Oração pedindo ajuda

1Salmo da coleção de David, quando fugiu de seu filho Absalão.

2Senhor, são tantos os meus inimigos!

Tantos os que se levantam contra mim.

3Muitos dizem a meu respeito:

«Nem Deus o poderá salvar

4Mas tu, Senhor, és o meu escudo protetor;

és tu a minha glória e fazes-me erguer a cabeça.

5Com a minha voz clamo ao Senhor

e ele responde-me do seu monte sagrado.

6Deito-me e durmo toda a noite

e depois acordo, porque o Senhor me protege.

7Não tenho medo dos milhares de inimigos,

que me rodeiam, para me atacar.

8Vem, Senhor! Salva-me, ó meu Deus,

tu que feres na face os meus inimigos

e quebras os dentes aos maus.

9Ó Senhor envia a salvação

e a bênção para o teu povo.

Plena confiança no Senhor

1Ao diretor do coro. Salmo da coleção de David. Com instrumentos de cordas.

2Ó Deus, meu defensor, escuta-me, quando te invoco!

Tu, que na angústia me deste alívio,

tem compaixão de mim e ouve a minha oração.

3Homens, até quando será desprezada a minha glória?

Por que andam à procura do que é falso,

em busca do que não tem sentido?

4Saibam que o Senhor faz maravilhas

por aquele que lhe é fiel,

e que me escutará, quando o invocar.

5Tremam de medo e não pequem mais.

Examinem a vossa consciência nos vossos leitos

e fiquem em silêncio e chorem de arrependimento.

6Ofereçam sacrifícios verdadeiros

e confiem no Senhor.

7Muitos dizem: «Quem nos dará a felicidade,

já que os teus olhos se afastaram de nós, Senhor

8Tu, porém, dás mais alegria ao meu coração

do que quando eles têm trigo e vinho em abundância.

9Deito-me em paz e logo adormeço,

porque só tu, Senhor, me fazes viver em segurança.

REFLEXÃO

Quando eu era uma criança, a cave da nossa casa tinha uma casa de banho que ninguém usava. Um dia, reparei que alguém tinha empurrado uma secretária e uma cadeira para o pequeno espaço entre o lavatório e o chuveiro. No espelho, estava um cartão com um versículo escrito: “Fala, que o teu servo está a ouvir” (1 Samuel 3:10). Apercebi-me, de que aquela divisão “esquecida” era o lugar onde o meu pai ia de manhã, antes de todos se levantarem, para ler a Bíblia e orar. Foi assim que ele me ensinou a importância da Palavra de Deus.

O Livro de Provérbios contém os escritos do rei Salomão. Como já vimos, Deus deu-lhe um dom de sabedoria único (1 Reis 2-3). Mas, por detrás dos textos sábios, há um pai a tentar ensinar ao filho como viver uma vida santa (1:8, 10, 15; 2:1-5; 3:1, etc). Este é o trabalho mais importante de qualquer pai.

O argumento principal de Salomão é que, a sabedoria é o fundamento para viver uma vida reta, sejamos um filho ou uma filha. É uma sabedoria que começa com o “respeitar o SENHOR” (1:7; 2:5). Outras versões dizem “temer”, mas, não no sentido de ter medo ou pavor. É antes, uma noção de reverência, obediência e confiança, que deve caracterizar o nosso relacionamento com Deus. É assim que te relacionas com Deus?

A sabedoria divina, também, produz vários benefícios. Ela protege-nos contra o mal e as suas consequências (1:10-19) e oferece-nos alegria e saúde (3:13-26). Por isso, vale a pena buscá-la. Contudo, é importante notar que Salomão está a falar de uma sabedoria mais profunda, que o mero conhecimento racional. A verdadeira sabedoria é o compromisso feito de coração, de aprender e seguir os caminhos de Deus (4:23).

Um pormenor maravilhoso, nesta passagem, é a referência de Salomão à influência dedicada do seu pai e da sua mãe — David e Betsabé (4:3-4). Todos os pais cometem erros, mas, nunca é tarde demais para começarmos a ensinar aos nossos filhos a sabedoria divina, através das nossas palavras e do nosso exemplo.

APLICAÇÃO

Como caracterizas o teu relacionamento com o teu pai terreno? E com o teu Pai celestial? Como tens aprendido acerca da sabedoria de Deus?

ORAÇÃO

Pai, quero viver uma vida que te agrade. Ajuda-me a demonstrar a tua sabedoria nas minhas palavras e ações.

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.11.20
Siga-nos em: