Sociedade Bíblica de Portugal

3 – No princípio – UMA LIMPEZA!

ORAÇÃOPai, hoje, tenho tantas coisas no meu coração e na minha mente.Ajuda-me a colocá-las de parte para poder passar algum tempo de qualidade contigo.

Texto(s) bíblico

5O Senhor viu que a maldade dos homens crescia cada vez mais no mundo e que as suas intenções e planos eram sempre maus. 6Deus sentiu pena de ter criado a Humanidade e ficou muito triste. 7O Senhor decidiu então: «Vou destruir os seres humanos, que eu criei; vou fazê-los desaparecer da terra, os seres humanos, os animais, as aves dos céus e todos os bichos. Lamento tê-los criado.»

8Contudo, o Senhor olhou com agrado para Noé.

Noé prepara-se para o dilúvio

9Esta é a história de Noé. Noé era a única pessoa justa e honesta que havia no seu tempo e cumpria sempre a vontade de Deus. 10Teve três filhos: Sem, Cam e Jafet.

11Para Deus, a terra estava completamente corrompida e cheia de violências. 12Ao olhar para a terra, Deus só encontrava corrupção, pois todos os seus habitantes seguiam caminhos errados.

13Por isso, Deus disse a Noé: «Decidi pôr fim a todos os seres humanos, pois a terra está cheia de violência, por causa deles. Vou destruí-los juntamente com a terra.

14Faz uma arca; uma grande barca de boa madeira resinosa, com vários compartimentos, e põe-lhe betume por dentro e por fora. 15Deves fazê-la com estas medidas: cento e cinquenta metros de comprimento, vinte e cinco metros de largura e quinze metros de altura. 16Faz-lhe uma claraboia a meio metro do cimo e uma porta de lado. Deves fazê-la com três andares sobrepostos.

17Com efeito, eu vou fazer cair sobre a terra um dilúvio de água, para destruir todos os seres vivos que existem no mundo; tudo o que há na terra vai morrer. 18Mas contigo farei um pacto de aliança. Deves entrar na arca, tu e os teus filhos, a tua mulher e as dos teus filhos. 19E de todas as espécies de seres vivos deves levar para a arca dois exemplares, macho e fêmea, para poderem sobreviver juntamente contigo. 20Portanto, de cada espécie diferente de seres vivos sejam aves, quadrúpedes ou outros animais, irão dois exemplares contigo para poderem sobreviver. 21Deves apanhar e armazenar os diferentes tipos de comida que cada espécie costuma comer, como provisões para ti e para todos os animais.»

22E Noé fez tudo exatamente como Deus lhe tinha mandado fazer.

O dilúvio

1O Senhor disse a Noé: «Entra na arca com toda a tua família, pois tu foste a única pessoa honesta que encontrei entre todos os teus contemporâneos. 2Leva contigo sete pares, macho e fêmea, de todos os animais puros e um só par, macho e fêmea, dos animais não puros. 3Das aves levarás igualmente sete pares, macho e fêmea, para que a vida sobre a terra possa continuar. 4Daqui a sete dias, vou fazer com que a chuva caia sobre a terra durante quarenta dias e quarenta noites e destruirei todos os seres que criei neste mundo.»

5Noé fez tudo o que o Senhor lhe tinha mandado. 6Noé tinha seiscentos anos, quando o dilúvio inundou a terra. 7Entrou na arca com os seus filhos e com a sua mulher e as suas noras, para fugirem ao dilúvio. 8Dos animais puros e não puros, das aves e de todos os bichos, 9entraram aos pares, macho e fêmea, para junto de Noé, na arca, tal como Deus lhe tinha mandado. 10No fim dos sete dias, as águas do dilúvio começaram a cair sobre a terra.

11Era o dia dezassete do segundo mês do ano e Noé estava com seiscentos anos de idade. Foi então que rebentaram as nascentes do grande mar profundo e se abriram as comportas do céu. 12A chuva caiu sobre a terra, durante quarenta dias e quarenta noites. 13Naquele mesmo dia, Noé entrou na arca com Sem, Cam e Jafet, seus filhos, e com a sua mulher e as três noras, 14e ainda exemplares de todas as espécies de seres vivos, animais domésticos e selvagens, de todos os bichos e das mais variadas espécies de aves. 15De todos os seres vivos entraram aos pares na arca, para junto de Noé. 16Era um macho e uma fêmea de cada espécie, tal como Deus tinha mandado. No fim, o Senhor fechou a porta.

17Durante quarenta dias, as águas do dilúvio caíram sobre a terra. Foram subindo e levantaram a arca, que ficou bastante longe do solo. 18Quando o nível das águas subiu muito acima da terra, a arca flutuava por cima das águas. 19As águas subiram tanto, que cobriram até as montanhas mais altas que existem. 20Passavam mais de sete metros para cima delas e as montanhas ficaram todas cobertas.

21Morreram todos os seres vivos, que existiam no mundo, aves, animais domésticos e selvagens, todos os bichos e todos os seres humanos. 22Tudo o que tinha vida e respiração e vivia em terra firme morreu. 23E assim o dilúvio destruiu todos os seres que existiam sobre a terra, homens, animais, bichos e aves. Todos foram destruídos. Só ficou Noé e os seres que estavam com ele na arca. 24As águas cobriram a terra, durante cento e cinquenta dias.

Génesis 6:5-7:24BPTAbrir na App Bíblia para todos

Na última leitura vimos como as pessoas decidiram deixar o caminho de Deus e seguir o seu próprio caminho. A Bíblia chama a essa decisão pecado e, na leitura de hoje, veremos quão longe de Deus o pecado nos pode levar (6:5). O pecado, pela sua natureza, torna-se sempre cada vez pior. Desenvolve-se como um cancro. Se não for controlado, destrói-nos. Por isso, podemos compreender por que Deus está tão triste. É difícil deixar que alguém que amamos faça más escolhas.

Algumas pessoas pensam que Deus está só à espera de as apanhar a fazer mal, como se sentisse prazer em castigá-las. Porém, é interessante ler que a sua primeira emoção não é condescendência nem ira, mas, antes dor e pesar (6:6,7). É isso o que o nosso pecado faz ao coração de Deus. E, tal como aprendemos, o pecado traz consequências terríveis que, por fim, levam Deus a agir; como um oleiro que recomeça uma peça com um pedaço de barro disforme.

“Hiperligamos”, agora, à história de Noé (6:9-7:24), um homem que viveu em contraste com o pecado e a violência à sua volta. Por que razão Deus estava tão satisfeito com Noé? Porque Noé estava disposto a ouvir e a obedecer à sua palavra (6:22; 7:5). É esta a definição de integridade. Vejamos a frase, “no fim dos sete dias” (7:10). É difícil imaginar como Noé se sentiu durante aquela semana. Mas, ainda assim, ele obedeceu a Deus, apesar, de não fazer sentido e de não haver resultados visíveis. Deus, ainda hoje, se agrada de um tipo de fé assim.

O Dilúvio fez uma limpeza da cultura inclinada ao pecado daqueles dias (7:22, 23). Mas, foi temporária. Ainda não era para ser o fim. Embora Deus tenha soltado um julgamento esmagador sobre o pecado (7:17-24), ele prometeu um novo começo (6:18). Apesar das nuvens negras, recebemos outra pista que nos diz que Deus tem um plano para a salvação do mundo.

APLICAÇÃO

Já te encontraste em situações em que estás cercado de pecado? Como reagir de forma a agradar a Deus?

ORAÇÃO

Senhor Deus, quero seguir o teu caminho para a minha vida. Por
favor, ajuda-me a manter os meus olhos em ti e no teu caminho,
independentemente, do que os outros possam fazer à minha
volta.

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.21.8
Siga-nos em: