Sociedade Bíblica de Portugal

Dia 6

Texto(s) bíblico

Vantagens da sabedoria

1Filhos, oiçam as advertências dum pai;

estejam atentos para adquirirem conhecimento.

2Pois a instrução que vos dou é boa;

não abandonem os meus ensinamentos.

3Também eu tive um pai para me educar

e fui amado ternamente por minha mãe.

4Meu pai ensinava-me assim:

«Grava as minhas palavras no teu coração,

faz o que te ordeno e viverás.

5Adquire sabedoria e entendimento;

não esqueças nem te desvies dos meus conselhos.

6Não abandones a sabedoria e ela te guardará;

ama-a e ela te protegerá.

7Acima de tudo, adquire sabedoria e conhecimento,

ainda que te custem tudo o que possuis.

8Conquista-a e ela te engrandecerá;

abraça-a e ela te honrará,

9e colocará um diadema na tua cabeça,

coroando-te, assim, de esplendor.»

10Escuta e acolhe as minhas palavras, meu filho;

fá-las tuas e terás mais anos de vida.

11Ensinei-te o caminho da sabedoria

e a maneira de te comportares com retidão.

12Assim não terás dificuldades no teu caminho,

nem tropeçarás, quando correres.

13Mantém-te fiel a esta instrução e não a deixes;

põe-na em prática e ela te dará vida.

14Não sigas os passos dos malfeitores,

nem imites o procedimento dos maus.

15Evita-os, não passes por eles;

desvia-te deles e passa de largo;

16pois eles não adormecem sem terem feito mal;

perdem o sono, se não fizerem cair alguém.

17De facto, a maldade e a violência

são para eles como comida e bebida.

18O caminho dos justos é como a luz da aurora,

que vai aumentando até ser dia claro;

19o caminho dos malfeitores é só escuridão:

nem conseguem ver aquilo em que tropeçam.

20Meu filho, escuta as minhas palavras

e presta atenção aos meus conselhos.

21Não se afastem deles os teus olhos

e grava-os bem no teu coração.

22Pois eles são vida para quem os alcança

e saúde para todas as suas doenças.

23Vigia acima de tudo o teu pensamento,

porque dele depende a tua vida.

24Evita dizer falsidades;

afasta-te da mentira.

25Olha sempre em frente,

sem desviar os olhos do teu caminho.

26Vê bem onde pões os pés

e que o terreno que pisas seja sempre firme.

27Não te desvies para a direita nem para a esquerda;

afasta os teus passos do mal.

A prontidão para acolher e aplicar os conselhos de pais bondosos é determinante para a saúde integral de qualquer filho. Naturalmente que o exemplo de idoneidade que os progenitores deem no dia-a-dia é fulcral para a interiorização desses valores. Se assim for, mais tarde ou mais cedo, acaba por se ter a alegria de ver a geração seguinte a reproduzir os tais nobres princípios. Quem deseja ver a sua descendência solícita, amável e generosa é expô-la exatamente a essas mesmas virtudes. A educação dá-se sobretudo pelo exemplo, ao invés de imposições ou sermões. Haja bom senso no que se partilha verbalmente, mas, sobretudo, por ações. Recomende-se, pois, o caminho da sabedoria, da leitura, da pesquisa, da descoberta e do serviço. E a melhor forma de instigar os mais novos a fazê-lo é abraçar como estilo de vida esses roteiros de crescimento integral, não ficando pela mera sugestão teórica. Ganham eles e nós, que aumentamos exponencialmente a qualidade da vida que nos é proporcionada. Comecemos por demonstrar no seio familiar como agir retamente. Pequenas e simples expressões de gratidão e afeto previnem tantos tropeções na correria quotidiana. Sejamos os primeiros a dar o exemplo, resistindo a influências ruins. Evitemos companhias tóxicas, pois estas geralmente “não adormecem sem terem feito mal.” Aconselhemos o afastamento daqueles que vivem para fazer cair terceiros e que se alimentam de violência. Mais, vigie cada um o seu pensamento e a sua língua para não ser apanhado em falso. Abracemos e sublinhemos o lema em que deve assentar o nosso proceder: “O caminho dos justos é como a luz da aurora, que vai aumentando até ser dia claro.”

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.21.9
Siga-nos em: