Sociedade Bíblica de Portugal

Notícias da Guiné-Bissau

Continuamos a apoiar as Sociedades Bíblicas nos países africanos lusófonos para tornar a Bíblia acessível em formatos que respondam às necessidades de todas as pessoas…

Em áfrica ainda há muitas pessoas não sabem ler, outras têm falta de vista e os óculos são muito caros. Aqui ficam algumas notícias sobre o que Deus está a fazer através da Bíblia áudio na Guiné-Bissau, para que dê graças a Deus connosco!

Há um rapaz órfão que todos os meses faz 170 km no interior da Guiné, para partilhar a Palavra de Deus em áudio com 25 a 30 crianças e 30 adultos. O percurso até à aldeia implica andar de autocarro, a pé e de barco. Quando lhe perguntámos por que razão faz isto, ele respondeu que a necessidade foi apresentada na Igreja e, como ninguém estava disponível e ele é oriundo dessa aldeia entendeu que devia ir.  Há algum tempo um evangelista visitou a aldeia.  Ele converteu-se e começou a ir à igreja, mas os seus tios não aprovaram a decisão – cerca de 45% da população da Guiné é muçulmana (embora continuem a praticar os rituais animistas das suas tribos), 15% são animistas e apenas 22% são cristãos – a família ameaçou recusar-lhe comida, se ele continuasse a ir à igreja. Apesar disso, ele continuou a ir.  Pedia comida aos amigos, apanhava fruta das árvores e comia o que conseguia encontrar.

Por fim, quando percebeu que a família planeava raptá-lo e levá-lo ao curandeiro local para lhe fazer a circuncisão ritual animista, que marca a passagem para a idade adulta, fugiu de casa e foi viver com a família do evangelista, onde vivem outras crianças - rapazes e meninas, que fugiram por razões semelhantes.

Numa outra aldeia no interior, três irmãos partilham o PROCLAIMER entre si para ouvirem a Bíblia áudio com as suas famílias. Um deles é pastor. Através dele e da Bíblia em áudio um dos seus irmãos converteu-se e começou a frequentar a igreja. Antes, costumava consultar os espíritos, fazia os rituais e pagava para pedir boas colheitas e saúde. Quando se converteu, os curandeiros que antes consultava lançaram-lhe uma série de maus presságios: que ele ia ficar doente, que a família dele ia enlouquecer, que não ia ter colheita nenhuma, a menos que voltasse a cumprir os rituais. Mas, ele manteve-se firme, continuou a ir à igreja e nada do que eles disseram aconteceu. Sente-se livre e feliz por ter Cristo na sua vida, e vive com paz. O verso da Bíblia que partilhou connosco foi Mateus 10,28: “… não devem ter medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Temam antes a Deus que pode fazer perder tanto o corpo como a alma no inferno.”

Ore pelas Sociedades Bíblicas lusófonas!

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.18.6
Siga-nos em: