Sociedade Bíblica de Portugal

Uma Bíblia áudio dramatizada

A Bíblia em áudio faz parte do cumprimento da missão de “Levar a Bíblias às pessoas e trazer as pessoas à Bíblia”, em formatos que vão ao encontro das necessidades de cada uma…

A Bíblia em áudio já está online, aqui e disponível para ouvir através de um registo gratuito e, pode ser adquirida na Loja da Bíblia Online para: download (AT, NT ou ambos), numa pendrive ou no MEGAVOICE – um parelho semelhante a um pequeno comando de televisão, pensado especialmente para as pessoas mais idosas.

Para a Sociedade Bíblica a Bíblia a Bíblia em áudio é muito mais do que um produto para a Loja da Bíblia. Faz parte do cumprimento da sua missão de levar a Bíblia a todas as pessoas, no nosso país e nos países africanos lusófonos - pessoas cegas, pessoas hospitalizadas, idosos que já não conseguem ler, bem como, a população mais tecnológica, que pode ouvir no seu dispositivo móvel enquanto se desloca para o trabalho ou faz exercício.

Pensando especialmente nas pessoas idosas, cuja longevidade implica, na maioria das vezes, uma estada prolongada em Lares, como seria bom se no Lar onde estão, pudessem receber o conforto e a esperança contidos nas palavras da Bíblia, numa versão dramatizada que lhes fizesse recordar as radionovelas dos seus tempos! A Bíblia áudio permite-nos fazer isso mesmo…

A Bíblia áudio nos Lares de Idosos…

Foi deste desejo que nasceu o projeto “Ouvir a Bíblia nos Lares de Idosos!”. O objetivo é fazer chegar aos Lares de Idosos do nosso país um PROCLAIMER com a Bíblia áudio para ser utilizado pelos utentes individualmente ou em conjunto. O PROCLAIMER é um aparelho semelhante a um rádio e foi testado pela população idosa do Centro de Dia da Fundação Bomfim, em Braga. Ser parecido com um rádio e ter boa capacidade de som, foram as características mais referidas. Além de permitir utilização em conjunto ou individual e ser carregável a energia solar.

No início deste ano, começámos a desafiar as igrejas/particulares a pensarem nos Lares de Idosos que ficam nas imediações das suas comunidades, a ajudarem-nos a produzir estes aparelhos (custo de produção de 20€), e a irem aos lares oferecê-los pessoalmente – quem sabe as oportunidades que esta proximidade pode criar…. Depois, enviámos informação para todos os lares do país a perguntar se desejam receber um PROCLAIMER gratuito. Desta forma, cruzamos os dados entre as igrejas/particulares que desejam oferecer e os lares que desejem receber.

Até à data foram entregues 85 PROCLAIMERS a 59 lares e o feedback tem sido muito positivo por parte de quem trabalha na área: rostos que se iluminam ao ouvir a Palavra de Deus, semblantes mais tranquilos, as mãos levantadas em louvor – a possibilidade de alguns terem um encontro com Deus na derradeira fase das suas vidas. É este o “salário” deste projeto que não seria possível sem a sua participação!

A Bíblia áudio nos países africanos lusófos…

Mas não é só no nosso país que a Bíblia áudio dramatizada está a tocar vidas. O PROCLAIMER, com a Bíblia áudio também chegou aos países africanos lusófonos através das Sociedades Bíblicas desses países, algumas delas criadas recentemente, e está a ser usado por várias igrejas como forma de levar a Palavra de Deus às aldeias mais remotas, onde a maioria das pessoas não sabe ler.

Cabo Verde…

… o PROCLAIMERestá a ser usado por várias igrejas para levar a Palavra de Deus às aldeias mais remotas das várias ilhas. Numa dessas aldeias reúnem-se, atualmente, 80 pessoas para ouvir a Bíblia em áudio e partilhar sobre o que ouviram e que significado tem para cada uma.

Noutra aldeia remota, na Ilha de Santiago, há uma senhora que vive com muito poucas condições, mas cujo testemunho de fé tem causado bastante impacto. Ela usa o PROCLAIMER para partilhar a palavra de Deus com os seus vizinhos, mas, antes de os convidar para a sua humilde casa, ouviu o Novo Testamento completo duas vezes sozinha para aprender e só depois, começou a convidar os vizinhos. Agora, organiza reuniões semanais para ouvirem e partilharem a palavra de Deus, com a ajuda de duas jovens.

Moçambique…

O pastor de uma igreja costuma colocar o PROCLAIMER no parapeito da varanda da sua casa, todos os dias, e ouvir a Bíblia enquanto se prepara para sair. A certa altura viajou.  No dia seguinte, um dos vizinhos muçulmanos bateu à porta do pastor e perguntou à esposa, porque não ouviam o

rádio que costumavam ouvir todos os dias, no pátio por baixo da varanda. A esposa disse que o marido tinha viajado e ele é que costumava ligar o aparelho todos os dias àquela hora. Então, os vizinhos perguntaram-lhe se não podia ligar à mesma para eles ouvirem. Ela disse que sim, mas disse-lhes que o que eles estavam a ouvir era a Bíblia, ao que eles responderam que gostavam muito de ouvir. E ela passou a ligar o PROCLAIMER e a pôr no papapeito da varanda mesmo quando o marido viaja.

Guiné-Bissau…

Há um rapaz que todos os meses faz 170 km no interior da Guiné, para partilhar a Palavra de Deus em áudio com 25 a 30 crianças e 30 adultos. O percurso até à aldeia implica andar de autocarro, a pé e de barco. Quando lhe perguntámos por que razão faz isto, ele respondeu que a necessidade foi apresentada na Igreja e, como ninguém estava disponível e ele é oriundo dessa aldeia entendeu que devia ir. Há algum tempo um evangelista visitou a aldeia. Ele converteu-se e começou a ir à igreja, mas os seus tios com quem vivia por ser órfão, não aprovaram a decisão – 45% da população da Guiné é muçulmana (embora continuem a praticar os rituais tribais animistas), 15% são animistas e apenas 22% são cristãos – os tios ameaçaram recusar-lhe comida se ele continuasse a ir à igreja. Mas, ele continuou a ir. Pedia comida aos amigos, apanhava fruta das árvores, comia o que conseguia encontrar. Por fim, quando percebeu que os tios planeavam raptá-lo e levá-lo ao curandeiro local para lhe fazer a circuncisão ritual animista, que marca a passagem para a idade adulta, fugiu de casa e foi viver com a família do evangelista, onde vivem outras crianças sustentadas pela Igreja de Bissau - rapazes e meninas, que fugiram por razões semelhantes.

Numa outra aldeia no interior, três irmãos partilham o PROCLAIMER entre si para ouvirem a Bíblia áudio com as suas famílias. Um deles é pastor. Através dele e da Bíblia em áudio um dos seus irmãos converteu-se e começou a frequentar a igreja. Antes, costumava consultar os espíritos, fazia os rituais e pagava para pedir boas colheitas e saúde. Quando se converteu, os curandeiros que antes consultava lançaram-lhe uma série de maus presságios: que ele ia ficar doente, que a família dele ia enlouquecer, que não ia ter colheitas, a menos que voltasse a cumprir os rituais. Mas, ele manteve-se firme, continuou a ir à igreja e nada do que eles disseram aconteceu.

Sente-se livre e feliz por ter Cristo na sua vida, e vive com paz. O verso da Bíblia que partilhou connosco foi Mateus 10,28: “… não devem ter medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Temam antes a Deus que pode fazer perder tanto o corpo como a alma no inferno.”

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.18.6
Siga-nos em: