Sociedade Bíblica de Portugal

Beatitude

As nove bençãos com as quais o Sermão no Monte começa são comummente chamadas de “bem-aventuranças”. As bem-aventuranças não são apenas encontradas no Sermão da Montanha, mas também estão presentes no Antigo Testamento.

Bem-aventuranças no Antigo Testamento

“Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores” ( Salmos 1: 1) é um exemplo de bem-aventurança no Antigo Testamento. Numa bem-aventurança, alguém deseja alegria ou felicidade. Essa felicidade pode ser para o presente ou o futuro. Em Daniel 12: 12, a preocupação é com a felicidade futura (o sofrimento neste momento não é nada em comparação com a felicidade que produzirá no futuro). Na maioria das bem-aventuranças, no entanto, a felicidade presente e futura fundem-se numa só realidade.

Expressão de fé e uma tarefa

Uma bem-aventurança pode expressar a crença de que Deus deseja o melhor para o seu povo. As bem-aventuranças são frequentemente usadas dentro do contexto da aliança de Deus com Israel. As bem-aventuranças também têm um aspecto ético, pois é-nos exigido um modo particular de vida. Se perseverarmos, seremos felizes.

Promessa do novo mundo de Deus

Nos primeiros textos judaicos e no Novo Testamento, as bem-aventuranças também têm uma carga de apocalíptica. Se os crentes pacientemente suportarem o sofrimento pela fé, Deus recompensá-los-á ricamente no seu novo mundo.

 

Passagens bíblicas relacionadas

3.13 Salmos 1.1 Mateus 5.3 - Mateus 5.12

Seja nosso Parceiro e tenha acesso a +Bíblia:

  • Bíblias de Estudo e artigos
  • Geográfia, história e cultura
  • Línguas originais: hebraico, grego e “Septuaginta”
  • Traduções em PT e noutras línguas

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.20.15
Siga-nos em: