Sociedade Bíblica de Portugal

Filho de Deus no Novo Testamento

No Antigo Testamento, tanto os indivíduos (reis e pessoas de elite) como os grupos (o povo de Israel) são chamados de “filho de Deus”. Porém, para a comunidade cristã há apenas um filho de Deus: Jesus é o filho unigénito de Deus. Há algumas semelhanças com o conceito tal como ele é apresentado no Antigo Testamento: a condição de filho relaciona-se com o facto de se ser eleito e não com o de ser concebido (como era o caso na antiga mitologia).

O Filho de Deus segundo Paulo

Aquela que é possivelmente a mais antiga referência a Jesus como Filho de Deus pode ser encontrada em Romanos 1:3-4. De acordo com esta tradição, Jesus não é o Filho de Deus desde o início, mas apenas a partir da sua ressurreição. Uma outra tradição (Gálatas 4:4-5) defende que Jesus já era filho de Deus antes da ressurreição. 

No geral, Paulo não usa o título de «Filho de Deus» em referência a Jesus, preferindo em vez disso usar “Cristo” ou “Senhor”.

O Filho de Deus segundo Marcos

Marcos 9:2-8 está ligado a Romanos 1:3-4. Marcos 9 prenuncia a ressurreição, e há uma voz que soa do Céu, apontando para Jesus como o Filho amado de Deus. Esta secção também está ligada ao batismo de Jesus (Marcos 1:1-9) e ao episódio do centurião que professa a Jesus como o Filho de Deus (Marcos 15:39).

Ao longo do Evangelho de Marcos, Jesus não é visto como Filho de Deus apenas depois da ressurreição. Ele é Filho de Deus, por inteiro, desde o início, se bem que esta realidade só se torna aparente para todos após a ressurreição. 

O Filho de Deus segundo João

É no Evangelho de João e nas epístolas de João, que a crença de que Jesus é o filho de Deus está mais desenvolvida. O Filho está mais do que ligado ao Pai: eles são um só. Isto significa que aquele que conhece o Filho também conhece o Pai. 

Seja nosso Parceiro e tenha acesso a +Bíblia:

  • Bíblias de Estudo e artigos
  • Geográfia, história e cultura
  • Línguas originais: hebraico, grego e “Septuaginta”
  • Traduções em PT e noutras línguas

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.20.14
Siga-nos em: