Sociedade Bíblica de Portugal

Religião em Israel

+Bíblia
Aleluia

Aleluia é uma expressão de louvor conhecida principalmente a partir dos Salmos. É um convite do cantor a todos os presentes no templo para louvarem o nome de Deus.

+Bíblia
Aliança no Antigo Testamento

Uma aliança no Antigo Testamento (a palavra hebraica berit) é uma promessa solene que é feita mediante juramento. Uma aliança cria um relacionamento entre duas entidades. Esse relacionamento tem o seu ordenamento nas condições do pacto: as obrigações impostas a uma ou ambas as partes.

+Bíblia
Aliança no Antigo Testamento: Aliança Abraâmica

Na sua aliança com Abraão, Deus faz-lhe uma promessa: ele será o pai de muitas nações e os seus descendentes receberão a terra de Canaã. Há duas histórias na Bíblia sobre a aliança com Abraão: em Génesis 15 e em Génesis 17: 1-14.

+Bíblia
Aliança no Antigo Testamento: Aliança Davídica

Na sua aliança com David, Deus promete-lhe que os seus descendentes serão reis para sempre.

+Bíblia
Aliança no Antigo Testamento: Aliança Mosaica

A “Aliança Mosaica” é a aliança que Deus fez com o povo de Israel, representada por Moisés. É também referido como o pacto sinaítico porque foi feito no monte Sinai. A aliança consiste em várias regras e mandamentos que Deus deu ao povo, incluindo os Dez Mandamentos. A aliança cria um relacionamento especial entre Deus e os israelitas: Deus agora é o Deus de Israel e os israelitas agora são o povo de Deus.

+Bíblia
Altar

Um altar era um amontoado de pedras ou uma mesa de madeira em que se depositavam as ofertas ao Deus de Israel ou a outros deuses. Há várias menções e descrições de altares diversos na Bíblia. Os arqueólogos encontraram vários altares em Israel.

+Bíblia
Altar da Oferta Queimada

A oferta queimada era apresentada num altar para holocaustos. De acordo com Êxodo 27, Moisés recebeu a tarefa de construir um altar para holocaustos perto do tabernáculo. Mais tarde, quando o templo foi construído em Jerusalém, foi colocado um altar para holocaustos em frente ao templo.

+Bíblia
Anjo

No nosso uso atual da palavra, um “anjo” é um ser celestial que serve a Deus e realiza a sua vontade. Na Bíblia, podemos ver um desenvolvimento na imagem que as pessoas tinham dos anjos, imbuindo-os com um número crescente de traços de personalidade.

Arca da Aliança

A Arca da Aliança é um objeto especialmente sagrado na Bíblia. A arca é um baú sagrado que tem um lugar dedicado no tabernáculo e no templo, em Jerusalém. 

+Bíblia
Arca: Aparência

Na Bíblia, o Arca da Aliança é descrita de duas maneiras: como uma caixa muito especial e bonita, ou então como uma simples arca.

+Bíblia
Atitude na Oração

No Antigo Testamento, não encontramos uma atitude fixa de oração, nem tão pouco no Novo Testamento. As pessoas oram, por exemplo:

+Bíblia
Bacias

No templo de Salomão havia dez suportes para bacias de bronze sobre rodas. Colocaram-se cinco destas bacias no lado sul do templo e cinco no lado norte Foram feitas pelo artesão de bronze Hiram.

+Bíblia
Bênção e Maldição

Na Bíblia, dar a bênção é pronunciar algo bom sobre alguém, o que - se feito da maneira correta - garante que essa coisa boa aconteça realmente com essa pessoa. A palavra "bênção" descreve as palavras que são ditas no ato de abençoar alguém. No entanto, também pode ser usada para indicar o resultado do ato de abençoar, no sentido de “felicidade”. Amaldiçoar é o oposto de abençoar, ou seja, proferir palavras sobre alguém, propiciando que algo mau realmente ocorra.

+Bíblia
Carne Sacrificial

Para se considerar uma oferta como holocausto, o animal precisava de ser completamente queimado. No entanto, isto não era necessário para outros sacrifícios de animais. Nestes casos, parte da carne deveria ser consumida.

+Bíblia
Ceia

No tempo da Bíblia, a Páscoa começava com o sacrifício de um cordeiro no templo em Jerusalém. Depois disso, as pessoas faziam uma refeição juntas. A Páscoa ainda é comemorada nas casas com uma refeição, o seder ou ceia.

+Bíblia
Chifres do Altar

Em obediência às instruções dadas em Êxodo e 1 Reis, foram feitas protuberâncias nos cantos do altar do holocausto e do altar do incenso. O hebraico tinha uma palavra para elas, que significa "chifres (de um animal)".

+Bíblia
Confiança no Antigo Testamento

No Antigo Testamento, confiar geralmente significa optar por nos apoiarmos em pessoas ou coisas não confiáveis, ou confiar somente em Deus. A confiança e a fé estão intimamente relacionadas no Antigo Testamento. A palavra hebraica aman pode significar "confiar" e "ter fé".

+Bíblia
Demónios

O conceito de demónios nas religiões em geral e na Bíblia em particular é muito complexo. Atualmente, "demónio" refere-se a um espírito maligno, mas o termo passou por um longo processo de desenvolvimento.

+Bíblia
Demónios no Antigo Oriente Próximo

No antigo Oriente Próximo, a crença em demónios era um aspeto importante da visão de mundo. Os espíritos e os demónios influenciavam a vida quotidiana das pessoas.

+Bíblia
Demónios no Antigo Testamento

No Antigo Testamento, há menção frequente a seres demoníacos, mas a sua verdadeira identidade e

+Bíblia
Deus

A palavra geral para "deus" em hebraico é El. Esta mesma palavra também é o nome de um deus cananeu. No Antigo Testamento, El é outro nome para YHWH. O plural desta palavra (Elohim em hebraico) é o nome mais comumente usado para o Deus de Israel no Antigo Testamento.

+Bíblia
Deuses e Espíritos

No antigo Oriente Próximo, todos os países, todas as cidades e todos os clãs tinham os seus próprios deuses. Era feita uma distinção entre deuses superiores, deuses inferiores e espíritos.

+Bíblia
Dez Mandamentos: Conteúdo

Os Dez Mandamentos contêm princípios básicos sobre como as pessoas devem tratar a Deus e como as pessoas se devem tratar umas às outras. É dado um breve esclarecimento para cada mandamento.

+Bíblia
Dragão

O Antigo Testamento contém textos diferentes sobre uma batalha que aconteceu durante a Criação, entre Deus e um dragão. Há também criaturas semelhantes ao dragão no Novo Testamento.

+Bíblia
Feriados no Antigo Testamento

Nalgumas passagens do Antigo Testamento, podemos encontrar uma visão geral dos feriados que devem ser observados. Há vários festivais que são inspirados no antigo calendário das colheitas. Outros festivais decorrem da celebração ou comemoração de eventos importantes.

+Bíblia
Festa da Lua Nova

Segundo a tradição bíblica, o início de cada novo mês deve ser comemorado. Este festival é chamado de Festa da Lua Nova ou Rosh Chodesh, que significa "começo do mês".

+Bíblia
Festa das Semanas

O Festa das Semanas (também conhecido como Shavuot) é um dos três grandes festivais judaicos, além da Pessach ou Páscoa, e da Festa das Tendas. Para os judeus, é a conclusão da Pessach: o êxodo da escravidão no Egito é selado ao receberem a Torá no Monte Sinai. O cristianismo deu à Festa das Semanas uma interpretação diferente, substituindo-a pela de Pentecostes

+Bíblia
Festa das Tendas

A Festa das Tendas (também conhecida como Sucot) comemora os quarenta anos que o povo de Israel passou a vaguear no deserto. É também um Festival de Peregrinação ( Deuteronómio 16: 16), juntamente com a Pessach e a Festa das Semanas. As pessoas viajavam em peregrinação a Jerusalém e ao templo para estas celebrações. 

+Bíblia
Festivais Judaicos

Estes são so festivais judaicos que, não sendo mencionados na Bíbia, têm origem em eventos narrados por ela. São eles:

+Bíblia
Filactérias

Os judeus usavam as filactérias (ou filactérios) durante a oração, uma tradição que ainda existe hoje. Também é provável que Jesus as tenha usado.

+Bíblia
Filho de Deus no Antigo Testamento

No Antigo Testamento, o rei é às vezes chamado de filho de Deus, um título que mostra que o rei é escolhido por Deus. Existem também outras pessoas, inclusivé todo o povo de Israel, chamadas de filho de Deus. Este termo torna clara a que tais pessoas têm uma tarefa especial e uma ligação com Deus.

+Bíblia
Filhos dos Deuses

A expressão "filhos dos deuses" no Antigo Testamento é uma referência aos seres celestiais.

+Bíblia
Guarda do Templo

Não eram só as portas da cidade que eram guardadas, mas também as entradas do Templo. Isto quer dizer que havia guardas designados especialmente para o serviço do templo. Esses guardas eram os Levitas.

+Bíblia
Hanucá

Hanucá ou Hanukkah (que é a palavra hebraica para "dedicação") é a celebração anual da dedicação do templo. Neste festival, celebra-se a rededicação do templo em Jerusalém, em 164 aC. Também é conhecida como o "festival das luzes". 

+Bíblia
Ídolos Domésticos

Os ídolos domésticos (terapim em hebraico) eram estatuetas de deidades familiares que se dizia protegerem a família.

+Bíblia
Imagens de Culto

No antigo Oriente Próximo, as imagens de culto eram usadas no culto aos deuses.

+Bíblia
Jaquin e Booz

Jaquin e Booz são os nomes de duas colunas de bronze no Templo de Salomão, à entrada do templo. Jaquin estava à direita e Booz estava à esquerda. As colunas foram feitos por Hiram, o artífice de bronze 

+Bíblia
Jejum no Antigo Testamento

O jejum no Antigo Testamento era um ritual religioso que podia ser praticado tanto individual quanto coletivamente.

+Bíblia
Legislação no Pentateuco

No Pentateuco, os cinco primeiros livros da Bíblia, as leis e regulamentos têm um lugar importante. Isto é notado principalmente em:

+Bíblia
Leis Apodícticas

Nas  disposições legais formuladas apodicticamente, certas coisas são simplesmente proibidas. Uma proibição direta pode ser formulada de três maneiras no Antigo Testamento.

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.20.14
Siga-nos em: