Sociedade Bíblica de Portugal

Religiões da Antiguidade

A Bíblia menciona frequentemente as religiões de outros povos, como os cananeus, mesopotâmios e ainda a religião egípcia. As religiões diferiam entre si, mas também compartilhavam uma série de características comuns:

  1. 1. eram politeístas.
  2. 2. estavam focados no aqui e agora.
  3. 3. não estavam preocupados com ter a doutrina correta, mas com executar as ações religiosas corretas.
  4. 4. cada um deles tinha sua própria mitologia.

Politeísmo

A maioria das religiões da antiguidade era politeísta. O politeísmo implica a adoração de vários deuses. Juntos, esses deuses cuidavam da ordem no mundo, na natureza e no cosmos como um todo.

Outra característica do politeísmo:

  • a religião era de caráter local. Um deus não era o mesmo em todos os lugares, mas era retratado e adorado de maneiras diferentes em cidades diferentes.
  • não havia uma organização abrangente com uma doutrina fixa. Os rituais (sacrifícios, procissões e festivais) tinham características especiais em todos os lugares.
  • o mundo dos deuses não era delimitado, mas aberto: novos deuses poderiam ser adicionados conforme necessário.

O politeísmo é o oposto do monoteísmo, a adoração a um só Deus.

Religião focada no Aqui e Agora 

A religião pretendia tornar a vida no aqui e agora melhor e mais tolerável. Não se tratava de ensinar uma maneira ideal de lidarmos uns com os outros ou de ter esperança em alcançar um mundo ideal.

As ações religiosas corretas

Nas religiões antigas, a preocupação não era com a "verdadeira doutrina", mas com as ações religiosas corretas. Na vida quotidiana da cidade, o culto aos deuses desempenhava um papel importante. Os deuses tinham de ser adequadamente providos; recebiam a melhor comida e bebida e as dádivas mais atraentes. Assim, as pessoas faziam o possível para manter os seus deuses felizes. A manutenção do culto - ou provisão para os deuses - era uma tarefa muito importante para as pessoas.

Mitologia

Existem relações entre os diferentes deuses: são pai e filho, marido e mulher, irmão e irmã. As relações mútuas vêm à tona nos mitos (histórias sobre os deuses). Nesses mitos, os deuses são, por um lado, descritos de maneira humana: são movidos por amor, raiva ou ciúme, e têm a intenção de guerra e poder. Mas a escala em que tudo se desenrola é sobre-humana: os deuses dos mitos são como uma espécie de super-homem.

 

Seja nosso Parceiro e tenha acesso a +Bíblia:

  • Bíblias de Estudo e artigos
  • Geográfia, história e cultura
  • Línguas originais: hebraico, grego e “Septuaginta”
  • Traduções em PT e noutras línguas

Sociedade Bíblica de Portugalv.4.18.8
Siga-nos em: